O Olho de Peixe é uma espécie de verruga causada pelo vírus do HPV e geralmente se desenvolve na planta do pé ocasionando uma infecção. Mas o seu desenvolvimento pode ocorrer em outras partes do corpo, de sozinho ou em grupos, sendo também confundidos com calos.

Ao contrário de outros problemas que aflige o corpo, se desenvolve para dentro, sendo doloso devido à pressão exercida ao ficar de pé ou durante a caminhada.

Por que o olho de peixe aparecer?
De modo geral, o olho de peixe surge na planta do pé devido a uma ferida feita ao andar descalço em um ambiente sujo ou com piso áspero ou através do contato direto com a pessoa infectada.

A infecção ocasionada pelo olho de peixe depende muito de como o paciente reage à infecção, podem ter desde vários ou apenas um em determinado local. Também irá depender do tempo em que leva para se desenvolver.

Caso o tratamento não seja iniciado até a lesão desenvolver 3 cm, provavelmente existe o risco de propagação e aglomeração de vários pontos pretos na planta do pé. Além disso, outras regiões do corpo podem ser infectadas através do coçar.

Geralmente o tempo de incubação do Olho de Peixe é de seis meses ou mais. Já as pessoas que são imunodeficientes podem sofrer de forma severa. Da mesma forma que as demais infecções a sua transmissão pode ser feita através de objetos ou diretamente pela pessoa.

Na grande maioria o Olho de Peixe na planta do pé é difícil de ser tratado e removido, mas com alguns tratamentos adequados é possível eliminar o problema por contra própria.

Principais sintomas do Olho de Peixe:
Dor ao ficar em pé ou ao caminhar;
– Pontinhos pretos que podem ser vista através de uma lupa;
– Sensação como uma agulha estivesse enfiado no pé.

Remédio caseiro contra o Olho de Peixe:
Utilize duas aspirinas (ácido acetilsalicílico em comprimidos), esmagues e adicione um pouco de água até formar uma pasta. Em seguida passe a pasta sobre o Olho de Peixe e deixe secar. Repita a receita nos dias seguintes até o Olho de Peixe desaparecer.

Como Prevenir o surgimento do Olho de Peixe:
– Evite andar descalço;
– Mantenha os pés limpos e secos;
– Faça uso de sapatos confortáveis e evite utilizar sapatos altos;
– Não compartilhe sapatos, meias, toalhas ou com os outros;
– Tenha bastante cuidado ao frequentar piscinas e banheiros públicos, pois esses -locais são onde circulam o HPV e se proliferam livremente;
– Mantém um cuidado especial para ir para piscinas e banhos públicos, locais onde o -vírus do papiloma humano prolifera com mais facilidade;
– Não ignore o surgimento de lesões de pele nos pés. Examiná-los periodicamente é fundamental.