Olho de Peixe é uma infecção ocasionada pelo vírus HPV, uma doença sexualmente transmissível, que também é o responsável pelo câncer do colo do útero e pelo aparecimento de verruga ou calosidade surge na planta do pé, na palma das mãos ou entre os dedos. As verrugas também são conhecidas como lesões hiperceratórica.

Características do Olho de Peixe:
As características do Olho de Peixe são de lesões duras, com pontilhado bem ao centro escurecida e geralmente muito doloroso.

Prevenção:
A causa do Olho de Peixe é devido ao contato direto com o vírus HPV (papiloma humano). Para prevenir o surgimento do Olho de Peixe é necessário evitar locais úmidos, frequentados por muitas pessoas. Quando for à pedicure, todos os matérias utilizados devem está esterilizados.

Como ter certeza que é Olho de Peixe:
É muito difícil confundir o Olho de Peixe com outros cravos ou calos plantares. Pois, as verrugas costumam ser bastante dolorosas. Como o contato direto com a lesão (a verruga) é contagioso, é importante não manter contato com outras pessoas.
olho de peixe 02Remédio caseiro para tratar i Olho de Peixe:
Compressa de Ácido Acetilsalicício – Aspirina: Boa parte dos medicamentos para o tratamento do Olho de Peixe são a base de ácido acetilsalicílico. Por isso, uma forma simples e caseira para o tratamento é triturar um comprimido de aspirina e fazer uma compressa com o pó triturado. Você deverá fazer a troca da compressa diversas vezes durante o dia.

Óleo de angico: Pegue um pedaço de gaze ou algodão e passe o óleo essencial de angico. Faça uma compressa sobre o Olho de Peixe. Outra forma de utilizar o óleo de angico é tomando uma colher de chá durante cinco dias consecutivos.

Pomada com óleo de rúcino: Para fazer o remédio você irá precisar: Óleo de rícino, Pó alvaiade e Pedra cânfora. Misture todos os ingredientes até virar uma pasta. Aplique a pomada diretamente no Olho de Peixe. Após alguns dias você perceberá a melhora do local e a eliminação do Olho de Peixe na região afetada.

Caso o Olho de Peixe esteja em uma fase crônica da doença, já se alastrando para regiões mais profundas da pele, será necessário passar por uma cirurgia dermatológica, para remoção do Olho do Peixe.