Se tem uma coisa que ninguém merece é a tal da unha encravada, né verdade? Uma simples pontinha já é o bastante para que qualquer calçado possa machucar ainda mais e deixar ainda mais dolorido. E o pior é que em algumas pessoas esse problema ocorre diversas vezes.

Geralmente a unha encravada ocorre com maior facilidade nos pés, devido a pressão que os sapatos acabam fazendo em nossos dedinhos e quem possui tendência  a ter unhas com o formato de concha.

Caso você esteja sentindo uma leve dorzinha na unha do pé, não entre em pânico: pois o problema geralmente e de fácil resolução. Indico ir a um pedólogo, que é  um profissional capacitado para nos livrar dessa dor e evitar que esse problema retorne novamente. Porém nos casos mais graves, a unha pode se encorar por baixo da carne, nesse caso é necessário uma cirurgia!

Unha Encravada o que fazer? - 02

Principal sintoma:
Geralmente o principal sintoma da unha encravada é a dor, porém é possível está com a unha encravada e não sentir nadinha! Pois existe vários caso que não possui sintomas, pois existem vários graus de intensidade da unha encravada, ela pode ocorrer em apenas uma parte da unha, onde ela pode ser ligeiramente encravada nas bordas laterais como também podem se “enrolar” nas laterais como se fosse um caracol. Uma dor terrível!

Como tratar:
Nos casos em que a unha encravada já está em situação crítica, existe quatro tipos de cirurgia que resolvem esse problema: a cauterização química da lateral da unha, remoção em bloco, transposição de unha da parede ungeal e excisão da unha em excesso. Geralmente a cirurgia não é indicada caso não tenha sintomas ou em crianças que podem ser tratadas com medicamentos diretamente no local. Caso seja um simples caso, onde tenha pouca deformidade da unha, um pedólogo  profissional resolve o problema.

Portanto para evitar que essa terrível dor possa nos incomodar, é muito importante que sempre importante fazer as unhas com um profissional que realmentente esteja preparado, que sempre utilize ferramentas limpas e descartáveis. Lembre-se de sempre cortar e lixar as unhas retas, pois essa é uma das formas de não encravar as unhas.